segunda-feira, 31 de dezembro de 2018

Como melhorar do estresse com a técnica do reflexo calmante

O estresse ocorre quando o organismo precisa se adaptar a alguma situação diferente, mexendo em nossa homeostase, ou seja, no nosso equilíbrio interno.

Muitas vezes em nossas vidas somos colocados à prova e temos de nos adaptar. O problema é que não são todas as situações que conseguimos fazer isso com facilidade, seja porque não lidamos bem com mudanças, seja porque é impossível para nós nos adaptarmos a algo, pois fere intimamente nossos valores pessoais.

Se algo está lhe gerendo estresse, esse é um convite à reflexão: será que eu preciso me adaptar? o que eu posso fazer para conseguir? Nessa etapa é importante olharmos para dentro de nós e entendermos se realmente é melhor se adaptar ou se você deve se afastar da situação estressora. Um exemplo desse último caso ocorre quando temos de lidar com um chefe complicado, que nos assedia moralmente. Nesse exemplo, muitas vezes buscar um emprego em outro lugar se mostra mais benéfico do que a adaptação. Porém, se é uma situação que acontece porque você não está sabendo lidar com o novo, por uma dificuldade que é só sua, então pensar nas atitudes que você precisa tomar para se flexibilizar pelo menos um pouco se faz necessário.

Existem diversas formas para lidar com o estresse, uma delas é chamado "reflexo calmante". Tirada do livro "Como Acalmar o Estresse"(Vito Cancelliere, Editora Vozes) essa técnica diz que temos de primeiro nos conscientizar que estamos estressados, depois pensar de uma forma diferente, dando uma uma outra resposta aos pensamentos que surgem com o estresse. Exemplo: uma pessoa trabalha com encomendas de bolos e uma cliente reclama do bolo que comprou, dizendo que ele estava esfarelando muito. A boleira pode ficar estressada diante da reclamação da cliente, tendo palpitações, suor nas mãos, tremor, etc. Assim que percebe os sintomas físicos, que servem de pista para saber se estamos estressados, ela diz para si mesma "a cliente não ficou tão satisfeita, mas meu corpo está calmo. Essa segunda frase sublinhada é uma frase que pode ser constante, enquanto a primeira podemos aceitar o fato que não somos tão perfeitos como desejamos, sendo impossível agradar a todos os clientes.

Logo acima postarei um vídeo onde falo de forma mais completa sobre o estresse e sobre a técnica do livro mencionado.

Forte abraço!

Nenhum comentário:

Postar um comentário