segunda-feira, 30 de junho de 2014

Como se preencher quando você estiver se sentindo vazio

"Se eu não for por mim, quem o será?"
Se eu não for por mim, quem serei eu?
E se eu não for agora, quando?"

Hillel


Joyce Mills nos fala como as exigências da vida diária e as pressões para darmos conta do seu ritmo sugam o suplemento de vitamina da nossa alma. Ela nos orienta da seguinte maneira para lidarmos melhor com a questão:

Sugestões para nos restabelecemos e enchermos novamente as prateleiras de nossa alma:

- Encontre um momento tranquilo e faça uma lista de todas as coisas que você faz para os outros. Em seguida faça uma lista com todas as atividades que você faz para você mesma. Depois, olhe para ambas as listas e veja se estão equilibradas. Se a lista do que você faz para os outros estiver maior, veja o que pode eliminar. A vontade de abdicar de certas obrigações lhe permite criar espaço para o novo.

- Crie seu quadro dos sonhos, desenhando símbolos do que você deseja para sua vida pessoal como profissional. Ex: fazer ginástica, fazer um curso, etc

- Saia ao ar livre e apanhe uma pedra, uma folha ou uma flor. Segure-a em suas mãos, feche os olhos e peça para que a natureza lhe ensine alguma coisa que você precisa aprender agora e que possa lhe ajudar a se renovar. A natureza renova o espírito, transformando o "eu não consigo" para "todas as coisas são possíveis"

- Tire uma pequena férias mentais,meditando ou visualizando-se com olhos fechados em um lugar tranquilo com todos os detalhes que puder, sentindo toda a segurança e paz desse lugar, que pode ser real ou inventado por você durante o exercício.

(fonte: "Resgatando a Magia da Vida", Joyce Mills, Editora Diamante)




Nenhum comentário:

Postar um comentário