sexta-feira, 27 de abril de 2012

A vida lhe trata como você se trata (autor: Luiz Gasparetto)

Gostemos ou não, a sorte ou o azar não existem. O destino é só uma questão de escolha. Nossas atitudes são como moldes para criar e recriar situações.

As atitudes são provenientes do nosso modo de ver as coisas ou dos nossos valores.

Valores são ideias que acreditamos ser a verdade, mas que na maioria das vezes podem não ser.

Nós escolhemos em que acreditar, e quando fazemos não somos devidamente cuidadosos e criamos falsos valores. Deles geramos atitudes que servem de modelo para uma série de situações calamitosas.

Quem é você para você mesmo?

Você se tem em alta conta? Ou você se acha cheio de defeitos?

Você irá se tratar de acordo com a imagem que fez de você. Será que essa imagem é real ou somente uma ilusão? Ou parte real e parte ilusão?

A vida está lhe tratando como você está se tratando e isso quer dizer que se você se judia quando não gosta de si, pense no que a vida vai fazer com você.

Se percebermos que a vida nos trata como a gente se trata poderemos explicar muito do que passamos na vida, mas o mais importante é que poderemos mudar nosso destino mudando o modo como nos tratamos.

Lembre-se: a vida me trata como eu me trato e as pessoas me tratam como eu me trato.

E como você se trata? Quem é você para si mesmo? Pequeno ou grande, bom ou mau, burro ou inteligente, capaz ou incapaz, sensual ou sem atrativos, vítima ou agressor, dominado ou dominador, réu ou juiz?

Nenhum comentário:

Postar um comentário